Santa Rita e Bacabeira inicia envio de imagens de videomonitoramento para Secretaria de Segurança do Estado

Uma nova tendência no Estado do Maranhão é a conexão via internet do sistema padrão do governo do Estado com os sistemas de vídeomonitoramento dos municípios. A partir do início de 2020, não só a capital como as cidades do interior, passaram a dá suporte para Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Em várias cidades, as polícias Federal, Civil e Militar, passaram a monitorar ações criminosas nas cidades onde existem câmeras de segurança. Em Santa Rita e Bacabeira, esse sistema tem funcionado perfeitamente e isso tem ajudado tanto na inibição quanto na elucidação de crimes.

As duas prefeituras, mantiveram contato recente com o secretário de segurança pública estadual, Dr Jefferson Portela, na ocasião, os prefeitos Hilton Gonçalo e Fernanda Gonçalo garantiram que os dois municípios devem ampliar o quantitativo de câmeras de segurança e melhorar ainda mais a conexão como forma de garantir uma perfeita conexão.

A trilha da paz implementada por Jerfferson Portela no Maranhão

Criado pelo governador Flávio Dino, o PACTO PELA PAZ é mais um sucesso absoluto em seu processo de execução pelo dedicado Secretário Jefferson Portela.

Jerfferson Portela ladeado por Geraldo Nascimento.

O programa já instalado e ativado em mais da metade dos municípios maranhenses, através dos seus conselhos comunitários dão a entender que a estratégia funcional tem dado certo, diminuindo índices de criminalidade no Estado e na grande São Luís.

Funciona como uma bússola para as ações de repressão e socialização do sistema de segurança do Estado, principalmente nas áreas mais vulneráveis.

O PACTO PELA PAZ fecha o ano de 2019 comemorando seu quarto aniversário e festejando vitórias, como a de janeiro de 2018, quando o Maranhão teve o menor índice de mortes por cem mil habitantes em todo Brasil.

ENTENDA O PROGRAMA

O Pacto Pela Paz é um programa criado pelo Governo do Maranhão mediante a Lei de nº 10.387 de 21 de dezembro de 2015, cujo objetivo é a promoção da paz social, da cultura dos direitos humanos e do respeito às leis.

O Programa prevê, no âmbito da Segurança Pública, ações de promoção do bem estar da população através da efetivação de uma polícia de proximidade.

O Policiamento de Proximidade tem como fundamento a descentralização dos conflitos da polícia, com discussão resolutiva local dos problemas. Sua implantação objetiva promover a aproximação entre policiais e cidadãos, e reduzir os indicadores de criminalidade a partir da ação policial qualificada.

No âmbito social, o Pacto prevê ações de prevenção social voltadas para a população de áreas identificadas como críticas em termos de criminalidade, de modo a reafirmar direitos e dar acesso a serviços públicos essenciais.

Nesse contexto, são destacadas ações relacionadas à prevenção, tratamento e reinserção social de usuários de substâncias psicoativas.

Como suporte às ações previstas, o Pacto Pela Paz prevê a ampliação do efetivo policial, a valorização a carreira policial, a capacitação permanente dos agentes de segurança pública na filosofia de polícia de proximidade e o reaparelhamento das unidades policiais, sejam civis ou militares.