Em meio a pandemia, moradores de Itapecuru e Rosário buscam atendimento e medicamentos em Santa Rita e Bacabeira

Em tempos difíceis como da pandemia de COVID -19, várias cidades sofrem com o caos na saúde devido a falta de investimentos nessa área. Duas das poucas cidades do Maranhão que investiram grandemente na saúde foram as cidades de Santa Rita e Bacabeira.

BACABEIRA
Inaugurado no dia 10 de novembro de 2019, o hospital e maternidade Municipal de Bacabeira, vem dando suporte não só para sua cidade como para a cidade de Rosário, onde o hospital Municipal SESP se encontra sucateado e sem condições de atendimento.

Vários relatos vinculados em redes sociais comprovam que a população de Rosário com suspeita de COVID -19, encontra atendimento no hospital Naila Gonçalo de Bacabeira. De acordo com os relatórios da equipe de saúde de Bacabeira, cerca de 30% dos atendimentos feitos na unidade são de moradores de Rosário.

SANTA RITA
A partir de 2017 em Santa Rita, após a revitalização do hospital Maria Helena Freire, da reabertura de 15 e inauguração de mais 7 UBS’s, a prefeitura tem se esforçado para garantir atendimento e medicamentos para a população local, além disso, o município ainda atende pessoas que residem em povoados situados no limite com a cidade de Itapecuru.

Esses atendimentos da população de Itapecuru em Santa Rita já somam cerca de 15% do total, e essa média tende a crescer ao longo do mês de maio, onde segundo especialistas, é o pico de contaminação do COVID – 19 em todo país. Vale destacar, que tanto a prefeitura de Bacabeira (comandada por Fernanda Gonçalo) como Santa Rita (comandada pelo médico Hilton Gonçalo) garantem tudo com recursos próprios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *